OBRIGADO, SR. PE. ALBERTO MOREIRA

Nascido no dia 16 de Janeiro de 1923, em São João de Lobrigos, Santa Marta de Penaguião, o Pe. Alberto Moreira era, há mais de quarenta anos, visita assídua do “Lar de Sant’ana – Matosinhos”, Instituição onde desempenhava actualmente as funções de Capelão.

Quis Deus que uma parte da Paróquia de Matosinhos fosse eleita sua  Terra de Missão. Pastor inquieto, encontrou nos jovens da Cruz de Pau, na zona alta da cidade, terreno fértil para que, nos anos oitenta e noventa, desenvolvesse um trabalho singular de dinamização na fé daquela Comunidade. Preocupado com os mais pobres, tudo fez para que, na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, as pessoas mais necessitadas encontrassem refúgio. Pioneiro em novas formas de Evangelização, levou a Mensagem de Cristo aos Bairros Sociais desta zona da Paróquia de Matosinhos, contagiando todos com a sua energia.

Preocupado com os mais velhos, tinha sempre uma palavra de alento, um gesto de esperança junto daqueles com quem se cruzava. E cruzou-se com tantos nos corredores do “Lar de Sant’ana – Matosinhos”, Instituição pela qual tinha verdadeiro Amor. Nas Eucaristias celebradas na Capela desta Casa, procurava sempre o sentido certo que levasse a que as Palavras do Evangelho fossem uma espécie de suplemento de energia para aqueles que – tantas vezes sofrendo intensamente com a velhice dorida, a solidão ou a doença – encontravam na sua voz terna e no seu sorriso sincero sossego para a alma.

Preocupado com todos, não foram poucas as vezes que, perante um olhar mais triste de alguém que ele vislumbrava na sua imensa sabedoria, a ele se dirigiu com uma palavra firme de esperança, fosse utente, visita ou colaborador desta Instituição. Com a sua Fé inabalável, encontrava no olhar materno de Nossa Senhora de Fátima – a quem dedicou a Igreja da Cruz da Pau - a força que o fazia seguir em frente.

Faleceu hoje, dia 11 de Maio. Sereno. Será sepultado no dia 13 de Maio, dia de Nossa Senhora de Fátima.

O “Lar de Sant’ana – Matosinhos” perde uma pessoa marcante; a Comunidade das Irmãs da Consolação um conselheiro de mais de quarenta anos; os idosos desta Casa um companheiro, o qual, mesmo na fase final da sua Caminhada quando a saúde dava sinais de escassear, continuava a ser um Pastor incansável no Testemunho da Fé.

Todos perdemos um Amigo, de quem teremos Saudades.

Obrigado pelo seu Testemunho, Sr. Padre Alberto Moreira.